Última hora Rita ferro Rodrigues ..

“Bem sei que é segunda-feira e tal (eu também estou agarrada ao computador), mas, malta, estamos em junho, o mês mais lindo do calendário, o mês das festas populares, das sardinhas, dos caracóis, das ruas engalanadas, das noites mornas, dos jacarandás em flor, das imperiais bem tiradas ao fim da tarde, das mesas em que cabe sempre mais uma, dos tronos ao Santo António”, descreveu no Instagram.

“E da saudade imensa do meu querido avô que me passou este amor por Lisboa e me fez descobrir, no dia da sua morte, que me guardava de forma especial na sua carteira de pele – andava comigo para todo o lado protegida pelo padroeiro. E quero crer que ainda anda”, continuou Rita Ferro Rodrigues.

Rolar para cima