Sem o dinheiro de Betty, José Castelo Branco já não tem empregados para o servir e…

A vida dá imensas voltas, que o diga Castelo Branco que está a ser acusado pela milionária dos diamantes de violência domésticas. Perdeu luxos e mordomias… mas não é todas!

Ao longo dos 30 anos de casamento com Betty Grafstein, José Castelo Branco sempre teve funcionários a trabalhar em sua casa. Pessoas que se ocupavam da limpeza e da cozinha. Tudo parece ter acabado depois das acusações de violência doméstica feitas pela milionária norte-americana ao marido.

Desde abril que o polémico socialite viu a sua vida sofrer uma imensa reviravolta. Teve [e tem] problemas com a Justiça por causa do processo de violência doméstica, pode estar próximo de ser um homem divorciado, andou com pulseira eletrónica, o tribunal ficou-lhe com os passaportes para que não possa sair de Portugal, Betty Grafstein encontra-se em Nova Iorque e ele não consegue chegar à fala com ela. 

Além disso, terá ficado sem os seus bens pessoais [joias e roupa] e vive na casa de uma amiga, Marluce Revorêdo Silva, ex-mulher do apresentador Carlos Cruz. Assim, não é de estranhar que Castelo Branco agora tenha que cuidar das suas próprias coisas já que não tem funcionários domésticos à sua disposição.

Este domingo, o antigo ‘marchand d’art’ mostrou-se a cozinhar. Preparou um arroz de legumes e até deu mesmo algumas dicas culinárias: “Eu frito sempre o arroz, antes de cozinhar”, revelou num direto feito nas redes sociais. Mas não se pense que o “conde” perdeu todas as mordomias. Há algumas que ainda mantém, como é o facto de ser penteado pelo seu cabeleireiro em casa, conformou mostrou nas InstaStories já esta manhã, 8 de julho.

Rolar para cima